Remanso, Quinta, 26 de Abril de 2018

Pilão Arcado: Promessa de “novo tempo”; realidade de velhas práticas

Por Souza Filho
11/03/2018 14:35

Eleito com o slogan “UM NOVO TEMPO”, como se não representasse a administração antecedente, o atual Gestor do Município de Pilão Arcado nada fez no sentido de honrar o sentido da propaganda defendida na campanha eleitoral.

Velhas práticas: povoados com início das aulas atrasado, água de péssima qualidade, saúde deficiente, nepotismo, perseguição política, advogados pagos pelo Município para sua defesa particular no processo eleitoral, farras das diárias, dentre muitas outras irregularidades.

Exemplo a não ser seguido é que, entre setembro e outubro de 2017, o Município pagou, a título de “diárias a serviço”, aproximadamente, a quantia de R$90.000,00 (noventa mil reais). Nesse período, só a ECONTAP, que fica na capital do Estado, foi “visitada” cerca de 20 (vinte) vezes, ou seja, em média, a cada 03 (três) dias, um servidor “compareceu” na citada empresa. É bom esclarecer que tem beneficiário que nunca saiu do Município.

Enquanto isso o povo segue sem perspectiva de projetos que efetivamente o tire da miséria, vivendo na ansiedade de que mudar pra Brasília é a melhor opção, pois a “sorte” de virar COOPERADO (meio de fraudar a realização de concurso público utilizado pelo Prefeito) não bateu a sua porta.

Será que valeu a pena vender o seu voto?

Que a esperança de “um novo tempo” não constitua mera frase de efeito para impressionar a massa. Não já passou da época de desempregar políticos de carreira? Sabem que não vão realizar, quiçá por incompetência, mas prometem, e para não ser injusto reconheço que quanto a isso ele não tem culpa.

João Batista Dias da Franca – Advogado

DEIXE SEU COMENTÁRIO