Remanso, Sábado, 26 de Maio de 2018

Clube afasta técnico após denúncias de abuso sexual

Por Souza Filho
30/04/2018 18:37

Após a veiculação da denúncia contra o técnico Fernando de Carvalho Lopes, na edição deste domingo (29) do Fantástico, da Rede Globo, o clube particular Mesc (Movimento de Expansão Social Católica), localizado em São Bernardo do Campo, São Paulo, anunciou o afastamento dele das atividades dentro da instituição. Fernando é acusado por, pelo menos, 40 ginastas e ex-ginastas, de praticar abuso sexual durante treinos e viagens. De acordo com nota oficial publicada em seu site, o Mesc informa que ele não tinha mais cargo relacionado à ginástica, tendo apenas função administrativa.

“Considerando a gravidade das acusações que recaem sobre o colaborador Fernando de Carvalho Lopes, veiculadas pela mídia na data de ontem (29), o clube Mesc, por meio de sua administração, resolveu reforçar as cautelas anteriormente adotadas e determinou o afastamento do colaborador em questão de todas suas atividades nas dependências do clube, até o final da apuração dos fatos pelas autoridades competentes. Reiteramos nosso compromisso com a segurança e bem-estar de nossos associados e visitantes”, diz um trecho da nota.

Fernando de Carvalho Lopes chegou a integrar a seleção brasileira masculina de ginástica, mas foi afastado em 2016, às vésperas dos Jogos do Rio de Janeiro, após ter sido denunciado por abuso por um atleta menor de idade. Desde então, há um processo em andamento. A reportagem do Fantástico disse ter colhido depoimentos de mais de 80 pessoas em sua apuração, que teve quatro meses de duração.

A maioria das fontes falaram sob sigilo de identificação, exceto o ginasta Petrix Barbosa, uma das vítimas de Fernando, que fez declarações impactantes sobre os episódios de abuso sexual.
Estadão

DEIXE SEU COMENTÁRIO