Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
29.4 C
Remanso, BR
19 de dezembro de 2018
Remanso News
  • Home
  • Destaque
  • Por R$ 15 milhões, investidor espanhol compra Ebal, dona da Cesta do Povo
Destaque

Por R$ 15 milhões, investidor espanhol compra Ebal, dona da Cesta do Povo

A empresa NGV Empreendimentos e Participações, liderada pelo investidor espanhol Ignacio Morales, comprou por R$ 15 milhões a Empresa Baiana de Alimentos (Ebal) e, com isso, passará a comandar a Cesta do Povo. O leilão da estatal foi feito na manhã desta quinta-feira (11), na Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), como parte do processo de alienação societária da Ebal. A proposta da NGV foi a única. Este foi o terceiro leilão realizado, sendo que os dois primeiros não atraíram participantes. Com a compra, o grupo adquiriu, além da participação acionária da Ebal, os fundos de comércio relativos às 49 lojas da Cesta do Povo, além do direito de exploração da marca Cesta do Povo e o Programa Credicesta.  Para arrematar a estatal, o investidor espanhol se associou ao presidente da Associação Baiana dos Supermercados (Abase), Joel Feldman, a quem caberia administrar as lojas da antiga rede. O resultado do leilão será homologado nos próximos dias. Uma das condições é a manutenção significativa de postos de trabalho.

Bahia Noticias

Posts relacionados

Silvio Santos pode ser candidato à presidência em 2018

Redação Remanso News

Serra teria recebido R$ 23 milhões da Odebrecht, diz jornal

Redação Remanso News

Papai Noel que roubou helicóptero em São Paulo é preso na Bahia

Redação Remanso News

‘Se não tenho apoio do Congresso, tô ferrado’, disse Temer em áudio

Redação Remanso News

Prefeituras de Remanso, Pilão Arcado, Casa Nova, Campo A. de Lourdes, Sento Sé e região recebem nesta terça-feira (20), 0 Segundo FPM de novembro com alta de 25,88%

Redação Remanso News

MEC prevê prejuízo para quem desrespeitar direitos humanos no Enem

Redação Remanso News

Deixe um comentário