Remanso, Domingo, 24 de Junho de 2018

Estudantes visitam hemocentro e conhecem o caminho da doação de sangue

Por Souza Filho
12/06/2018 23:13

A iniciativa, realizada em parceria com o Movimento Eu Dou Sangue, visa conscientizar os jovens sobre o tema

Nesta  quarta-feira, 13 de junho, cerca de 40 estudantes do Colégio Palmares, de São Paulo, farão uma visita guiada ao Banco de Sangue do Hospital Sírio Libanês. A ação tem o sugestivo nome de Trans-fusão. O grupo vai conhecer em detalhes o caminho que o sangue do doador percorre até ser usado para salvar vidas.

O objetivo é despertar o interesse dos jovens pela iniciativa, de modo que eles se tornem multiplicadores e influenciadores de campanhas de doação em seus meios sociais. A excursão especial é organizada pelo Pensarte, projeto social do colégio, em parceria com o Movimento Eu Dou Sangue, responsável por incentivar a doação, com intuito de aumentar o estoque de bolsas de sangue em todo o Brasil.

Na visita, os alunos passarão pelo processo como se fossem efetivar a doação. Farão cadastro e depois passarão pela triagem clínica, onde os profissionais do Banco de Sangue irão apresentar as perguntas feitas ao candidato e as exigências que deferem ou indeferem a doação, além de responderem as curiosidades levantadas pelos próprios estudantes.

A programação inclui também visita à sala de doação, onde serão apresentados os equipamentos utilizados no processo, e ao laboratório, onde poderão ver as etapas subsequentes à retirada do sangue: a centrifugação para divisão das bolsas por hemocomponentes; o agitador de plaquetas; a armazenagem; e a agência transfusional.

“Acompanhar todo o processo de doação, desde o cadastro do doador até o armazenamento, irá alertar os alunos sobre a relevância do tema. Dar e doar sangue é um ato solidário, de amor ao próximo”, destaca Diana Berezin, idealizadora do Movimento Eu Dou Sangue”.

Para o diretor do Colégio Palmares, Edson D’addio, “a participação dos alunos em causas como essas implica em noções de reponsabilidade social e humanitária que norteiam a construção de um cidadão consciente e participativo”.

Vale lembrar que 14 de junho marca o Dia Mundial do Doador de Sangue, estipulado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como data para homenagear doadores e conscientizar sobre a importância desse ato. Durante todo o mês acontece a campanha Junho Vermelho, idealizado pelo Movimento Eu Dou Sangue, com diversas ações para incentivar a doação e o aumento dos estoques nos bancos de sangue.

Ágata Marcelo/Ascom

DEIXE SEU COMENTÁRIO