Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
27 C
Remanso, BR
18 de abril de 2019
Remanso News
  • Home
  • Brasil
  • Gás de cozinha fica mais caro a partir desta terça-feira (06/11), anuncia Petrobras
Brasil

Gás de cozinha fica mais caro a partir desta terça-feira (06/11), anuncia Petrobras

O aumento deve ser entre 8,2% a 9%, no caso do GLP para embalagens de até 13 kg

Petrobras anunciou aumento no preço do gás de cozinha (Foto: Arquivo / Agência Brasil)

O preço do gás de cozinha será reajustado pela Petrobras a partir desta terça-feira, 6 de novembro (06/11). O Sindigás, que representa as empresas distribuidoras, afirmou que os preços devem aumentar entre 8,2% a 9%, no caso do GLP para embalagens de até 13 kg.

A revisão do preço para consumo residencial representa em valores R$ 25,07, um reajuste de R$ 1,97 por botijão. No ano, a alta acumulada é de 2,8%. Desde janeiro, a estatal reajusta o botijão de gás trimestralmente. Em janeiro e abril, os valores foram reduzidos e em julho, elevado.

Desde o início do ano, revisões trimestrais são feitas. A estatal realiza o segundo aumento de preço seguido após dois trimestres de diminuição de preços

Apesar do aumento, o Sindigás estima que o preço ainda esteja 29% abaixo da média praticada no mercado internacional no caso dos botijões de até 13 kg.

No caso do GLP empresarial, os preços no mercado aparecem 52,4% maior em comparação com o gás de cozinha.

O Povo Online

Posts relacionados

Aliado de Eduardo Cunha pedem que o julgamento do deputado seja adiado novamente

Redação Remanso News

Absurdo: Mantido voto obrigatório

Redação Remanso News

Eleitor que não votou nem justificou no 1º turno pode ir às urnas no domingo

Redação Remanso News

Receita investiga suposta fraude de R$ 5 bi envolvendo 3 mil contribuintes

Redação Remanso News

Brasil deve reduzir emissão de gases antes do previsto, diz ministro do meio-ambiente

Redação Remanso News

CNJ nega pedido da Anamages contra atos do TSE de promover rezoneamentos eleitorais

Redação Remanso News

Deixe um comentário