Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
23.3 C
Remanso, BR
23 de março de 2019
Remanso News
Esportes

Ladrão apanha de lutadora do UFC

A lutadora Polyana Viana suspeitou que o assaltante não estive armado e reagiu, atingindo-o com dois socos e um chute

A lutadora do Ultimate Fighting Championship (UFCPolyana Viana (26) reagiu a um assalto no Rio de Janeiro no último sábado (5), e o assaltante acabou levando a pior. De acordo com relato da lutadora ao site “MMA Junkie“, por volta das 20h, a paraense aguardava um Uber em frente ao seu condomínio em Jacarepaguá, na Zona Oeste da cidade, quando um homem aproximou-se e sentou-se ao lado dela em um canteiro.

“Ele me perguntou as horas, eu disse e percebi que ele não tinha ido embora. Então, eu já guardei o telefone na minha cintura. Então, ele disse ‘Me dê o telefone. Não tente reagir porque eu estou armado’. E então colocou sua mão sobre (uma arma), mas eu percebi que era muito mole”, contou ao site especializado em lutas.

Como o assaltante estava muito próximo, a lutadora pensou que, caso fosse realmente uma arma, ele não teria tempo de sacá-la antes se ela reagisse. Então, ela se levantou e acertou o homem com um chute e dois socos. Quando ele caiu, Viana o imobilizou com um mata-leão e o sentou de volta no canteiro, mantendo-o imobilizado. No fim, a arma não era arma, mas apenas um pedaço de papel recortado no formato de uma.

Foto por: Divulgação redes sociais.

Ao site do Canal Combate, a lutadora declarou que estava sozinha na hora do assalto. Depois que ela conseguiu imobilizar o assaltante, pessoas pararam para tirar fotos e perguntar “se era assalto ou se eu estava batendo nele de graça”. Ela pediu a um motoboy que chegava ao prédio para chamar a polícia. Ao registrar o boletim, a lutadora diz ter sido informada que o homem estava livre a pouco tempo, após três anos preso. De acordo com o MMA Junkie, ao ver que não conseguiria fugir, e com medo de apanhar mais, o homem chegou a pedir para que ela chamasse os policiais.

Não foi a primeira vez que Polyana passou por situação semelhante. Segundo o site americano, quando ainda morava em Belém, ela deu um soco em um assaltante que tentou levar seu celular. Após o golpe, o homem subiu na garupa da moto dirigida pelo comparsa e fugiu, deixando a lutadora com o prejuízo de um guarda-chuva quebrado.

Diário do Nordeste

Posts relacionados

Anderson Silva volta ao Brasil pela primeira vez após ser pego no doping

Redação Remanso News

Bahia empata no final contra Luverdense e pode subir de divisão na Fonte Nova

Redação Remanso News

Vitória acerta empréstimo de volante do Palmeiras

Redação Remanso News

Sem espaço no Bahia, goleiro Guido disputa estadual pelo Juazeirense

Redação Remanso News

Vitor Belfort adota discurso político após nocaute: “Fora governo corrupto”

Redação Remanso News

Homenageado pelo Real Madrid, Cristiano Ronaldo diz que não é de ‘outro planeta’

Redação Remanso News

Deixe um comentário