Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
21.3 C
Remanso, BR
27 de junho de 2019
Remanso News
  • Home
  • Destaque
  • Prefeituras de Remanso, Pilão Arcado, Campo A. de Lourdes, Sento Sé, Casa Nova, Juazeiro e região recebem nesta quinta-feira, (10), primeiro repasse do FPM de janeiro de 2019, com alta de 19,87 %
Destaque Remanso

Prefeituras de Remanso, Pilão Arcado, Campo A. de Lourdes, Sento Sé, Casa Nova, Juazeiro e região recebem nesta quinta-feira, (10), primeiro repasse do FPM de janeiro de 2019, com alta de 19,87 %

O primeiro repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) do mês entra nas contas das Prefeituras nesta quinta-feira, dia 10 de janeiro de 2019. Segundo levantamento da Confederação Nacional de Municípios (CNM), o montante a ser transferido para todos os municípios será de R$ 3,1 bilhões.

O montante que deve ser pago aos Municípios nesta quinta-feira, 10 de janeiro, leva em consideração a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, quando somado o Fundeb, o valor é de R$ 3,9 bilhões.

Segundo as informações da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o 1º decêndio de janeiro de 2019, comparado com mesmo decêndio do ano anterior, apresentou um crescimento de 19,87%. Quando leva em conta a inflação do período, comparado ao mesmo período do ano anterior, o crescimento é de 16,05%. A área de Estudos Técnicos da Confederação Nacional de Municípios (CNM) explica que o primeiro decêndio sofre influência da arrecadação do mês anterior, uma vez que a base de cálculo para o repasse leva em conta os dias de 20 a 30. A CNM destaca, no entanto que o FPM, bem como a maioria das receitas de transferências do País, não apresenta uma distribuição uniforme ao longo do ano.

A Confederação ressalta que é preciso planejamento e reestruturação dos compromissos financeiros das prefeituras para que seja possível o fechamento das contas sem que haja ônus para os gestores municipais. A CNM esclarece também aos gestores municipais para manterem cautela em suas gestões e ficarem atentos ao gerir os recursos municipais dentro do próprio mês, uma vez que os valores previstos sempre são diferentes dos valores realizados.

Congelamento do FPM
A entidade salienta que devido a publicação da Decisão Normativa 173/2019, no dia 7 de janeiro de 2019, pelo Tribunal de Contas da União (TCU), que confirma o congelamento do FPM de 129 localidades com redução populacional na última estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os valores que estão nas tabelas por coeficientes podem sofrer alteração.

Confira aqui o estudo completo e o valor do Primeiro FPM de janeiro de 2019, que sera creditado pra seu Município.

Posts relacionados

Roubo de cargas sobe 105% em 6 anos em estradas da Bahia, aponta pesquisa

Redação Remanso News

Violência física lidera agressões a crianças no Brasil, indica pesquisa

Redação Remanso News

Nordeste tem a pior seca em 50 anos

Redação Remanso News

Divulgada lista de convocados em concurso da Polícia Militar; confira

Redação Remanso News

Noticias da cidade: Com 9 vagas para o Mais Médicos, Remanso tem 7 inscritos em lista parcial

Redação Remanso News

Gás de cozinha sofre 6,9% de reajuste e fica mais caro

Redação Remanso News

Deixe um comentário