Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
25.8 C
Remanso, BR
18 de agosto de 2019
Remanso News
  • Home
  • Mundo
  • Teste nuclear: Embaixador do Brasil na Coreia do Norte notificou o Ministério das Relações Exteriores do Brasil sobre bomba de hidrogênio no país
Mundo

Teste nuclear: Embaixador do Brasil na Coreia do Norte notificou o Ministério das Relações Exteriores do Brasil sobre bomba de hidrogênio no país

teste-nuclear-735x400

O embaixador do Brasil na Coreia do Norte, Roberto Colin, de 62 anos, notificou o Ministério das Relações Exteriores do Brasil – Itamaraty sobre o suposto teste com uma bomba de hidrogênio no país. Roberto estava na capital, Pyongyang, quando a televisão norte-coreana transmitiu a notícia. “Eu vi pessoas comemorando assim que a notícia foi ao ar. Como não entendo tão bem de coreano pedi para dois tradutores me contarem o que ocorria. Aliás, os dois funcionários estavam bastante orgulhosos”, afirmou Roberto. O embaixador afirmou que ao longo do dia conversou com representantes das 24 embaixadas instaladas no País. Mas todos foram pegos de surpresa com a notícia. Para o embaixador, vários motivos podem justificar a realização do teste neste momento: o aniversário do líder norte-coreano, na próxima sexta (8); um recente estremecimento das relações da Coreia do Norte com a China e a Coreia do Sul; o congresso do partido, em maio, após um hiato de 36 anos; e a tentativa de pressionar os Estados Unidos a fazer um acordo de paz com o país. “Tudo é sempre coreografado neste país, nada é por acaso. As vezes falam que os comandantes da Coreia do Norte são imprevisíveis, irracionais. Não é nada disso, são extremamente profissionais. O que não quer dizer que não cometam avaliações erradas”, ressaltou o diplomata. Roberto Colin se reúne com diplomatas norte-coreanos nesta quinta-feira (07) para falar sobre o teste e outros assuntos. A bomba de hidrogênio é cerca de 3 mil vezes mais potente que a bomba atômica e é capaz de desaparecer com um país inteiro. Essa é a arma nuclear mais forte que se tem conhecimento na humanidade. A explosão causou um terremoto de 5.1 graus na Escala Richter. Especialistas ainda se mantém céticos quanto a possibilidade da Coreia do Norte realmente ter desenvolvido uma bomba de hidrogênio. Mas a Organização das Nações Unidos (ONU) já convocou uma reunião de emergência para discutir o assunto.

Foto: Reuters.

Posts relacionados

Papa Francisco diz em carta temer guerra pela água ainda neste século

Redação Remanso News

Coreia do Norte diz ter lançado primeiro míssil intercontinental

Redação Remanso News

Viaduto sobre rodovia desaba em Genova; polícia faz busca por vítimas

Redação Remanso News

Maduro ataca Mourão e o desafia a liderar golpe de Estado na Venezuela

Redação Remanso News

Papa Francisco termina visita à Colômbia com ferimento no olho após queda

Redação Remanso News

Furto de combustível causou explosão que matou ao menos 66 pessoas

Redação Remanso News

Deixe um comentário