31.1 C
Remanso, BR
25 de setembro de 2020
Remanso News
  • Home
  • Destaque
  • Confira o valor que o seu município vai receber dos R$ 2 bilhões do Auxílio Financeiro
Destaque Remanso

Confira o valor que o seu município vai receber dos R$ 2 bilhões do Auxílio Financeiro

De acordo com o texto aprovado, serão R$ 600 milhões para educação; R$ 1 bilhão para a saúde; e R$ 400 milhões para a assistência social pelo Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Com a aprovação do Auxílio Financeiro aos Municípios (AFM) pelo Congresso Nacional, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) volta a divulgar uma previsão de quanto será destinado a cada Prefeitura, do montante total de R$ 2 bilhões. De acordo com o texto aprovado, serão R$ 600 milhões para educação; R$ 1 bilhão para a saúde; e R$ 400 milhões para a assistência social pelo Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

“Foi um gesto do presidente [da República, Michel Temer] de reconhecimento da situação dos Municípios”, reafirmou o presidente da Confederação, Paulo Ziulkoski. O líder municipalista esteve à frente das negociações com a presidência da República e com o Congresso Nacional, mantendo sempre o alerta para as dificuldades enfrentadas pelos governos locais, decorrentes da difícil realidade que se arrasta há anos.

Desde de que saiu o resultado da aprovação, a CNM tem atendido diversos gestores locais com dúvidas em relação à data do repasse e do valor. Sobre o primeiro questionamento, a entidade esclarece que a matéria aprovada deve ser sancionada pelo presidente da República. Já uma estimativa do montante destinado a cada Município pode ser conferido na biblioteca on-line da Confederação, no portal institucional da entidade.

Confira.

Pauta

A reivindicação do AFM foi pauta do movimento municipalista durante o segundo semestre de 2017, e a conquista do recurso no Executivo e, agora, no Legislativo demostra a força do municipalismo brasileiro. Como todo avanço obtido pelos Municípios, esse novo AFM também foi resultado de forte mobilização e pressão intensa por parte dos prefeitos, em todo o território nacional.

Inicialmente, o repasse da verba era financeira e politicamente impossível, mas movidos pela aguda dificuldade financeira e pelo anseio de fechar as contas dentro dos princípios legais, os gestores atuaram intensamente por essa nova conquista. No parlamento, a verba extraordinária foi aprovada por meio do Projeto de Lei do Congresso Nacional (PLN) 1/2018, com o objetivo de assegurar a continuidade dos serviços públicos básicos nos Municípios.

Da Redação

Posts relacionados

SAAE Casa Nova vai fazer intervenções no sistema de abastecimento de Bem Bom

Redação Remanso News

Paulo Bomfim recebe homenagem e representa o prefeito Isaac Carvalho no Destaque Imprensa 2016

Redação Remanso News

Manobra política: Vereador Mazinho pede licença do cargo e cede vaga para o suplente Raimundo Nonato

Redação Remanso News

Senadores que revelaram voto podem ser punidos e perder o mandato; veja quem são

Redação Remanso News

Remanso: Prefeito Zé Filho, vice-prefeito e 13 vereadores eleitos são diplomados

Redação Remanso News

Descarrego em Jequié: após despacho de macumba, vereadores fazem orações em frente à Câmara

Redação Remanso News

Deixe um comentário