20.4 C
Remanso, BR
5 de agosto de 2021
Remanso News
  • Home
  • Destaque
  • Prefeituras de Remanso, Campo A. de Lourdes, Pilão Arcado, Sento Sé, Casa Nova, Juazeiro e região recebem nesta sexta-feira (18), Segundo FPM do ano
Destaque Remanso

Prefeituras de Remanso, Campo A. de Lourdes, Pilão Arcado, Sento Sé, Casa Nova, Juazeiro e região recebem nesta sexta-feira (18), Segundo FPM do ano

Com desempenho melhor que do ano passado, o segundo repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) do ano entra nos cofres municipais nesta sexta-feira, 18 de janeiro. O valor a ser partilhado entre as 5.568 prefeituras será de R$ 1,2 bilhão, segundo estimativa da Confederação Nacional de Municípios (CNM) com base em dados oficiais. Ao considerar o porcentual constitucional destinado ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fundeb), o montante sobe para de R$ 1,5 bilhão.

O valor do segundo decêndio de janeiro será 6,14% maior que o montante repassado no mesmo período do ano anterior, segundo cálculos da Confederação, em termos nominais – sem considerar os efeitos da inflação. A soma das duas transferências deste ano apresenta crescimento de 15,61%, em comparação com os dois primeiros repasses de 2018. O montante partilhado foi de R$ 4,7 e R$ 5,5 bilhões, em 2018 e 2019, respectivamente.

Quando se considera a inflação do período, o resultado positivo do acumulado do ano foi de 11,76%. “Mesmo com os valores deflacionados, o FPM deste ano tem apresentado comportamento positivo. Nossa expectativa é de que os repasses se mantenham em crescimento”, destaca o presidente da CNM, Glademir Aroldi.

Historicamente, explica ainda o presidente da CNM, os três primeiros meses de FPM do ano representam os maiores repasses aos governos municipais. Uma vez que os repasses não são simétricos, o conselho aos gestores municipais é de que façam seus planejamentos, com atenção a reestruturação dos compromissos financeiros, para que seja possível o fechamento das contas ao final de cada mês.

Dados
De acordo com o levantamento da CNM, do total repassado, R$ 312 milhões será partilhado entre as localidades com coeficientes 0,6, o que engloba 2.461 prefeituras ou 44,20%. No entanto, os valores destinados a essas cidades não são equânimes. O montante destinado a um Municípios 0,6 de Roraima é diferente do total repassado aos governos municipais do Rio Grande do Sul, com o mesmo coeficiente.

“Os Municípios com coeficientes 4,0 devem ficar com R$ 201.860.226,98 do total repassado”, mostra o levantamento da Confederação. Os Municípios com coeficientes 4,0 somam 166 dos 5.568. A base de cálculo desse segundo decêndio é de 1ª a 10 de janeiro. E geralmente, esse decêndio é o menor do mês, ele representa 20% do montante total repasso no mês.


Posts relacionados

Transferido PM preso após assalto a BB de Jacobina

Redação Remanso News

Eleições 2020: PSD de Remanso realiza Convenção Municipal no próximo dia 14 de setembro

Redação Remanso News

Bahia Pesca Itinerante chega a cidades de Pilão Arcado, Sento Sé e Juazeiro a partir desta segunda-feira (16)

Redação Remanso News

Temer cortar investimentos para o Aeroporto de São Raimundo Nonato

Redação Remanso News

Aécio Neves teve três crises de overdose quando era governador, afirma jornalista em livro

Redação Remanso News

Deputados aprovam lei que beneficia prefeitos que ultrapassam limite de gastos com pessoal

Redação Remanso News

Deixe um comentário