Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
23.2 C
Remanso, BR
22 de julho de 2019
Remanso News
  • Home
  • Esportes
  • Brasil bate os EUA e leva o ouro no 4x100m no Mundial de Revezamentos
Esportes

Brasil bate os EUA e leva o ouro no 4x100m no Mundial de Revezamentos

O Brasil derrotou o forte time norte-americano e levou a medalha de ouro no 4×100 metros no Mundial de Revezamentos, realizado em Yokohama, no Japão. Os brasileiros Rodrigo Nascimento, Derick Silva, Jorge Vides e Paulo André Oliveira cravaram 38s05, dois centésimos à frente do quarteto dos Estados Unidos, que tem como atleta principal Justin Gatlin, atual campeão mundial dos 100m rasos. Os britânicos anotaram 38s15 e ficaram e completaram o pódio.

O título do Brasil na modalidade foi conquistado neste domingo em um palco conhecido, o Estádio de Yokohama, onde a seleção brasileira de futebol, liderada por Rivaldo e Ronaldo, foi pentacampeã da Copa do Mundo em 2002.

Além de garantir o ouro, que pode ser considerado histórico pois é o primeiro do Brasil em uma competição de nível mundial – o time brasileiro foi prata na Olimpíada de Sydney 2000 e bronze em Atlanta 1996 e Pequim 2008, além de ter subido no pódio em alguns Campeonatos Mundiais -, o quarteto brasileiro alcançou a melhor marca mundial na temporada.

“A gente conseguiu ser campeão mundial e ninguém tira isso da gente”, comemorou Paulo André, atleta mais rápido do Brasil na atualidade e que foi responsável por fechar o revezamento.

Outros resultados

 Se não deu no masculino, na disputa feminina do revezamento 4×100 metros, os Estados Unidos triunfaram. As norte-americanas brilharam e ficaram com o ouro ao anotar o tempo de 43s27, apenas dois centésimos à frente das atletas da Jamaica. A Alemanha completou o pódio.

As brasileiras Ana Carolina Azevedo, Lorraine Martins, Franciela Krasucki e Vitória Rosa fizeram 43s75 terminaram na quarta colocação e ficaram perto do bronze no final do revezamento, quando Vitória Rosa pegou o bastão de Franciela em quinto lugar e quase conseguiu ultrapassar a alemã na reta final.

Na prova mista do 4×400 metros, que vai estrear nos Jogos Olímpicos em Tóquio-2020, o Brasil fez o tempo de 3min20s71 e ficou com a sexta colocação. Os Estados Unidos foram campeões da prova, que teve o Canadá no segundo posto e os quenianos em terceiro.

No 4×400 metros masculino, Trinidad e Tobago surpreendeu e foi campeão. Entre as mulheres, mais uma surpresa: a Polônia, que conquistou o título deixando as norte-americanas em segundo lugar. As italianas chegaram em terceiro.

Posts relacionados

Após ‘soneca’ ao vivo, Casagrande brinca com repórter: ‘Me dá um toque’

Redação Remanso News

“Acho que já sou o maior lutador de todos os tempos”, diz Jon Jones

Redação Remanso News

CBF organiza inédito Campeonato Brasileiro de futebol virtual

Redação Remanso News

MUDANÇA! Final da Copa Brasil não terá vantagem de gol fora de casa, anuncia CBF

Redação Remanso News

Bahia cede empate em casa e segue próximo do Z-4

Redação Remanso News

O efeito Neymar: do golaço que muda ambiente à troca de camisas enigmática

Redação Remanso News

Deixe um comentário