20.4 C
Remanso, BR
5 de agosto de 2021
Remanso News
  • Home
  • Petrolina
  • Petrolina está em situação de médio risco de infestação pelo Aedes aegypti, aponta levantamento
Petrolina

Petrolina está em situação de médio risco de infestação pelo Aedes aegypti, aponta levantamento


(foto: divulgação)

O resultado do Levantamento Rápido de Índice de Infestação para o Aedes aegypti (LIRAa) foi divulgado pela prefeitura de Petrolina, no Pernambuco, na ultima segunda-feira (15).  De acordo com os dados, o município continua em sinal de alerta: o índice geral permanece em 2,1%. Com esse resultado, Petrolina se mantém em situação de médio risco de infestação para os agravos causados pelo Aedes aegypti.

A pesquisa foi realizada na primeira semana deste mês de julho pelos Agentes de Combate às Endemias que fizeram vistorias nos estabelecimentos residenciais e comerciais em diversos bairros da cidade. Os bairros mais preocupantes são os que apresentam índice de infestação de 5,7% como o Dom Avelar; São Jorge; São Joaquim e Terras do Sul. Em segundo lugar, com 3,7%, estão São Gonçalo; Jardim Petrópolis; Cohab VI e Vila Chocolate.

No primeiro semestre deste ano, a secretaria notificou 1.416 casos de dengue. Destes, 62 foram confirmados. Para a Zika, tiveram 99 notificações e duas confirmações. Já a chikungunya foram 151 casos notificados e dois confirmados.

O LIRAa é realizado a cada dois meses e serve como instrumento de monitoração dos locais com maiores infestações dos ovos e larvas do mosquito, responsável pela transmissão da dengue, chikungunya e zika. A falta de atenção da população com recipientes que acumulam água, dentro das próprias casas, contribui para que o município permaneça em sinal de alerta, segundo a Vigilância Sanitária.

Ações

Diariamente, os agentes de combate às endemias realizam visitas nos bairros à procura de focos do Aedes, fazem trabalhos educativos e atendem denúncias. Nas últimas semanas, a Secretaria de Saúde vem intensificando o trabalho, através de uma força- tarefa atendendo, em forma de mutirão, diversas áreas do município.

Durante as atividades, que acontecem, principalmente, nos finais de semana, a população recebe orientações e os agentes fazem a eliminação de possíveis criadouros e nas áreas com casos suspeitos notificados realizaram o bloqueio transmissão.

Preto no Branco

Posts relacionados

Campo Alegre de Lourdes: água, um sonho que se torna realidade

Redação Remanso News

Agência Municipal do Empreendedor retoma atendimento e atividades presenciais em Petrolina

Redação Remanso News

Mais de 1.400 agricultores recebem parcela única do Garantia-Safra 2020 em Petrolina

Redação Remanso News

Reitoria da Univasf avalia impacto da suspensão de bolsas do CNPq e da Capes para a instituição

Redação Remanso News

Educação: inscrições para concurso de Prefeitura de Petrolina começam nesta quarta (3)

Redação Remanso News

Em ano atípico, comerciantes seguem otimistas para vendas de Natal em Petrolina

Redação Remanso News

Deixe um comentário