28.4 C
Remanso, BR
9 de agosto de 2020
Remanso News
  • Home
  • Esportes
  • Pesquisa mostra que 77% reprovam retorno dos campeonatos de futebol no Brasil
Esportes

Pesquisa mostra que 77% reprovam retorno dos campeonatos de futebol no Brasil

Mesmo diante da curva crescente de casos e com 75 mil mortes pela COVID-19 no país, os estados do Rio de Janeiro e São Paulo organizaram o retorno de seus campeonatos estaduais de futebol, marcando a volta do esporte no Brasil após mais de três meses de paralisação.

Para os entrevistados em uma pesquisa da Toluna, a volta da competição aconteceu muito cedo e passa a mensagem de descuido dos governos com a população.

Entre os dias 7 a 10 de julho, a Toluna, fornecedora líder de insights do consumidor sob demanda, entrevistou 634 pessoas de todas as regiões do Brasil. A maioria dos consultados (77%) considera a volta dos Campeonatos Carioca, no dia 18 de junho, ocorreu cedo demais, e que os organizadores deveriam esperar mais tempo para o retorno das atividades. Com relação ao Campeonato Paulista, que reestreia no dia 22 de julho, a reprovação é de 68%.

A realização de jogos com presença das torcidas nos estádios apresenta uma rejeição ainda maior: 86% dos entrevistados é contra a medida. Entre os torcedores que têm o hábito de frequentar estádios, 58% responderam que não irão ao campo este ano; já 18% desse universo afirma que voltará a comprar seu ingresso assim que a medida for autorizada.

A agenda dos campeonatos também é motivo de preocupação, já que alguns estaduais ainda estarão em andamento quando o Brasileirão e a Copa do Brasil voltarem. Na opinião de 51% dos entrevistados, os torneios estaduais deveriam ser cancelados para priorizar competições nacionais. 

Entre as medidas de prevenção contra a transmissão do novo coronavírus, o maior apoio vai para jogos sem torcidas nos estádios (79%); na sequência aparece a realização de testes e isolamento de atletas (52%); testes em todos os profissionais envolvidos nos eventos (46%); e proibição de contato físico na comemoração dos gols (44%).

Essa pesquisa foi realizada entre os dias 7 e 10 de julho, com 634 pessoas das classes A, B e C, segundo critério de classificação de classes utilizado pela Abep – Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa, onde pessoas da classe C2 tem renda média domiciliar de R$ 4.500 por mês. Estudo feito com pessoas acima de 18 anos, de todas as regiões brasileiras, com 3 pontos percentuais de margem de erro e 95% de margem de confiança.

Link para a pesquisa completa:

http://tolu.na/l/Fw5d7B2K

Posts relacionados

Vitória vence mais uma fora de casa e sai da zona

Redação Remanso News

Guerrero custa 15 vezes mais que Felipe Vizeu, mas tem números piores no Flamengo

Redação Remanso News

Irritado com Galvão Bueno, Felipão recusa convite da Globo para participar de programa

Redação Remanso News

Intermunicipal: duelos da semifinal serão no próximo domingo

Redação Remanso News

Verstappen supera Vettel e lidera 3º treino livre do GP dos EUA

Redação Remanso News

Maradona vira piada na internet após cirurgia no rosto; veja memes

Redação Remanso News

Deixe um comentário