25.6 C
Remanso, BR
22 de abril de 2024
Remanso News
  • Home
  • Juazeiro
  • APLB Sindicato em Juazeiro pede ao MP, afastamento da secretária de Educação após denúncia de suposto fraude em processo seletivo
Juazeiro

APLB Sindicato em Juazeiro pede ao MP, afastamento da secretária de Educação após denúncia de suposto fraude em processo seletivo

A direção da APLB Sindicato em Juazeiro decidiu acionar o Ministério Público pedindo o afastamento imediato da secretária de educação de Juazeiro, Normeide Almeida, e a apuração urgente da denúncia encaminhada à imprensa local pelo vereador Alex Tanury, com divulgação de áudios de uma suposta reunião que mostra manipulação no Processo Seletivo Simplificado realizado pela SEDUC. A APLB se disse “estarrecida diante da grave denúncia”.

De acordo com a denúncia do vereador, a secretária teria usado do poder do cargo que ocupa para “orientar a comissão a aceitar títulos e elevar a pontuação da irmã, fazendo com que ela pulasse para o primeiro lugar, empatada com uma pessoa, mas assumindo a primeira colocação por causa da idade”.

O cargo que Dilvaney Almeida Lima estava almejando ser aprovada, é para professora educadora de participação cidadã, do programa Projovem. A Câmara de Vereadores deve abrir uma CPI para apurar os fatos, investigar a denúncia e indiciar possíveis culpados. 

O diretor da APLB Sindicato de Juazeiro, Gilmar Nery, tomou conhecimento da denúncia pelo vereador Alex Tanury e garante que a entidade vai tomar as medidas cabíveis. “A APLB entende como ato gravíssimo e inadequado mostrando a própria secretária de educação manipulando um processo seletivo. Pedimos afastamento imediato dessa secretária. Já sabíamos que poderia acontecer algo dessa natureza pelo comportamento da secretária durante as negociações do reajuste dos trabalhadores em educação, com arrogância, prepotência e falta de diálogo. Agora chegamos ao ponto desse absurdo do governo Suzana Ramos, com corrupção institucionalizada. Vamos pedir todas as providências judiciais necessárias para essa secretária que não honra o cargo que ocupa”, afirma Gilmar Nery.  

Gilmar Nery ressalta que vai acionar o Ministério Público para que a denúncia exposta pelo vereador seja investigada e as medidas tomadas diante da gravidade do que foi revelado reforçando os desmandos – denunciados diversas vezes pela APLB – do governo municipal que a todo momento trabalha para tirar os direitos dos trabalhadores em educação. “Normeide Almeida não pode permanecer em um cargo tão importante quanto este que cuida da vida os trabalhadores em educação de um modo geral do município de Juazeiro. Estamos indignados e vamos tomar as providências necessárias para que esse absurdo seja denunciado”, finaliza. 

GN

Publicidade

Posts relacionados

Confira a programação de Missas do dia de finados em Juazeiro e Petrolina

Redação Remanso News

Ações do Social estarão presentes no carnaval antecipado de Juazeiro

Redação Remanso News

Juazeiro será sede do próximo Encontro de Orientação do TCM

Redação Remanso News

Juazeiro: Desconto de 2% dos servidores para o IPJ: Este é o teor de um PL que o Executivo enviou para Câmara de Vereadores

Redação Remanso News

Secretaria de saúde de Juazeiro divulga 3º edital de convocação do processo seletivo

Redação Remanso News

Juazeirense patrocinado pelo bolsa atleta da prefeitura de Juazeiro é o 36° melhor do país

Redação Remanso News

Deixe um comentário