22.7 C
Remanso, BR
22 de fevereiro de 2024
Remanso News
  • Home
  • Brasil
  • Correios será retirado do Programa Nacional de Desestatização
Brasil

Correios será retirado do Programa Nacional de Desestatização

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) será retirada do Programa Nacional de Desestatização (PND), conforme determinado pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. A informação foi confirmada pelo Ministério das Comunicações e publicada em despacho nesta segunda-feira (02).

“A intenção e a meta é reforçar o papel da empresa na oferta de cidadania como parceira dos programas sociais destinados à população carente e das regiões mais distantes através da sua incomparável capilaridade”, enfatizou o MInistro das Comunicações, Juscelino Filho, sobre a determinação. Além disso, ressaltou que serão adotadas ações para fortalecer os Correios.

O ministro Filho destacou, ainda, que o Ministério das Comunicações (MCom) irá ampliar os investimentos de modernização e “desencadear agressivo aporte de atualização do parque tecnológico e dos insumos logísticos, para seguir recuperando a imagem e a credibilidade dos serviços”.

A proposta de privatização dos Correios foi entregue em 2021 pelo ex-presidente Jair Bolsonaro ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, e ao Senado, que engavetou o estudo no ano seguinte. À época, a iniciativa foi bastante criticada pelos trabalhadores da instituição e sindicatos.

Correios – Criado por lei em 1969, a ECT é uma empresa pública federal vinculada ao MCom. Atualmente, existem mais de 6,3 mil agências espalhadas em municípios do país garantindo aos brasileiros acesso à cidadania por meio da prestação de serviços postais, financeiros e de conveniência. A capilaridade dos Correios torna a empresa um importante instrumento de integração nacional.

RedeGN | Foto: Divulgação

Publicidade

Posts relacionados

Recesso não vai impactar votação de denúncia contra Temer, diz líder do PMDB

Redação Remanso News

A cada 3 horas e 40 minutos uma pessoa morre por acidente de trabalho

Redação Remanso News

Com reforma da Previdência, pressa para aposentar não é melhor saída

Redação Remanso News

Aposentado pode sacar o FGTS inativo? Entenda

Redação Remanso News

Terceirização será analisada em reforma trabalhista; Temer deve sancionar texto

Redação Remanso News

Já está valendo a lei que dispensa os idosos de perícia periódica no INSS

Redação Remanso News

Deixe um comentário