25.8 C
Remanso, BR
22 de abril de 2024
Remanso News
  • Home
  • Destaque
  • Tarcísio jura lealdade a Bolsonaro, mas diz não concordar em tudo
Destaque

Tarcísio jura lealdade a Bolsonaro, mas diz não concordar em tudo

Tarcísio diz que continua leal a Bolsonaro, mas defende posicionamento divergente em algumas questões. – Foto: Divulgação/Governo de SP

Governador de São Paulo confirma divergência com relação à reforma tributária

Depois de ser hostilizado em encontro do PL, na presença do ex-presidente Jair Bolsonaro, devido ao seu encontro com o ministro Fernando Haddad (PT), sobre a reforma tributária, o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), continua jurando lealdade ao ex-chefe, mas diz que pode “não concordar com tudo”.

Na sexta-feira, 7, Tarcísio e Bolsonaro se encontraram para aparar arestas e o governador prometeu “sempre ser leal” ao ex-presidente. Tarcísio participou neste domingo, 9, de uma solenidade em homenagem aos 91 anos da Revolução Constitucionalista de 1932, data histórica para o estado de São Paulo. O evento foi realizado no Obelisco Mausoléu aos Heróis de 32, no Ibirapuera.

Sobre a polêmica da semana passada, ele falou à imprensa e disse que já costumava divergir de Bolsonaro quando era seu ministro da Infraestrutura, ente 2019 e 2022.

“O presidente é um grande amigo. Observe, a gente pode divergir em algum ponto sobre a reforma. É normal. Não é possível concordar em tudo. Já era assim quando era ministro. Tinha situações que eu discordava dele. Os pontos que eu tinha colocado sobre a reforma, já tinha colocado antes para ele. E está tudo bem. Sempre serei leal e grato ao presidente”, afirmou Tarcísio.

Ainda no mesmo dia, com a reforma aprovada na Câmara, Tarcísio recebeu telefonemas de estrelas do empresariado, como Abilio Diniz, e foi defendido publicamente pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). No dia seguinte, com a repercussão negativa do bolsonarismo sobre o aliado, Bolsonaro telefonou para o governador e marcaram de se encontrar na parte da tarde, em Brasília, para apaziguar os ânimos.

Perfis de apoio a Tarcísio se apressaram em divulgar uma foto do encontro para reduzir a pressão sobre Tarcísio, que passou a ser cobrado por bolsonaristas a se posicionar de forma mais firme como uma liderança da direita bolsonarista e a demonstrar lealdade ao ex-presidente.

A Tarde

Publicidade

Posts relacionados

Produtores de leite de cabra estão enfrentando dificuldades após a queda do consumo gerada pela pandemia

Redação Remanso News

Remanso: Juiz proíbe divulgação de pesquisa de Marcos Palmeira (PCdoB) por irregularidades

Redação Remanso News

Coelba Corta Energia da Câmara de Vereadores de Juazeiro

Redação Remanso News

Caos em Remanso: Marcos Palmeira do PCdoB demite mais de 400 funcionários da Prefeitura e deixa centenas de famílias em dificuldade financeira

Redação Remanso News

INSS vai aumentar capacidade de atendimento da Central 135

Redação Remanso News

Produtores baianos têm até 30 de novembro para vacinar contra febre aftosa e declarar rebanho

Redação Remanso News

Deixe um comentário