25.8 C
Remanso, BR
22 de junho de 2024
Remanso News
  • Home
  • Destaque
  • Queda FPM: “É preciso uma forte união de todos para sensibilizarmos o Governo Federal a atuar para que as cidades não sofram ainda mais”, diz prefeita Suzana Ramos
Destaque

Queda FPM: “É preciso uma forte união de todos para sensibilizarmos o Governo Federal a atuar para que as cidades não sofram ainda mais”, diz prefeita Suzana Ramos

A queda na arrecadação de impostos e a diminuição de repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) neste mês são alguns dos motivos que tiram o sono dos gestores municipais.

O FPM, principal fonte de receita de 7 a cada 10 municípios brasileiros, é formado por parcelas dos recursos do Imposto de Renda (IR) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Os repasses são feitos pela União três vezes a cada mês e as cidades menores são as mais dependentes dos recursos. 

A Bahia é o quarto estado do Brasil com maior número absoluto de municípios em déficit no primeiro semestre do ano, ficando atrás apenas de Minas Gerais (309), São Paulo (260) e Rio Grande do Sul (227). Nem todas as cidades do país fizeram parte do estudo. 

A mudança na forma de arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), aprovada pelo Congresso Nacional em julho do ano passado, também impactou negativamente os municípios que não fecharam as contas com superávit. O Instituto de Auditores Fiscais da Bahia (IAF) aponta que o estado sofreu perda de 7,02% em relação ao primeiro semestre do ano passado. Pela lei, os municípios têm direito a 25% do que é arrecadado pelo imposto estadual.

Segundo a Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz), a arrecadação de ICMS nos primeiros sete meses de 2023 foi 0,9% menor que a do mesmo período em 2022. Enquanto no ano passado a receita com o tributo havia somado R$ 19,93 bilhões até julho, este ano o total chegou a R$ 19,75 bilhões. A queda de receita, ainda que inferior a um ponto percentual, é ainda reflexo do impacto das leis complementares 192/22 e 194/22, patrocinadas pelo governo federal em 2022, tendo como alvo o ICMS dos estados.

“As perdas, no caso da Bahia, vêm sendo atenuadas graças a medidas adotadas para fazer face a este cenário, em especial no que diz respeito ao combate à sonegação e à modernização do fisco estadual. Como consequência destas medidas, o desempenho do fisco baiano vem superando a média dos estados: entre 2012 e 2023, a Bahia aumentou progressivamente a sua participação no total do ICMS arrecadado nacionalmente, de 4,22% para 5,11%”, diz a pasta, em nota.

JUAZEIRO: A Prefeitura de Juazeiro informou através de nota no dia 28, que vai aderir à paralisação proposta pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e pela União dos Municípios da Bahia (UPB), nesta quarta-feira, dia 30 de agosto.

Os setores administrativos não funcionarão durante toda a quarta-feira (30), ficando apenas os serviços essenciais em funcionamento. Detalhe: A secretaria de Saúde o atendimento é normal.

O movimento denominado  “Sem FPM não dá, as prefeituras vão parar” tem o objetivo de cobrar do Governo Federal o compromisso de aumentar os repasses às administrações municipais que sofrem com as oscilações negativas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

A prefeita de Juazeiro, Suzana Ramos, destaca a necessidade da adesão ao movimento em busca de soluções que minimizem os impactos junto às prefeituras de todo o país. “É preciso uma forte articulação e união de todos para sensibilizarmos o Governo Federal a atuar com agilidade para que as cidades não sofram ainda mais. As prefeituras custeiam uma parcela alta de programas criados pela união e com a diminuição do repasse ficamos impossibilitados de realizar investimentos necessários para suprir as demandas do nosso povo. Não podemos ser responsabilizados pela equivocada distribuição dos recursos tributários”, finalizou a prefeita Suzana Ramos.

Redegn com informação PMJ e G1 Foto redes sociais

Publicidade

Posts relacionados

TSE intima todos os candidatos a detalharem declaração de bens

Redação Remanso News

Mercadante consegue o (quase) impossível: unir Globo e Record

Redação Remanso News

Acuada, Dilma chama governadores para debater Pacto Federativo

Redação Remanso News

Programa de revitalização do são Francisco proposto pelo governo federal contempla propostas apresentadas pelo CBHSF

Redação Remanso News

Estados e municípios ainda não prestaram conta da verba de educação

Redação Remanso News

Deputado Estadual Zó defende blindagem de viaturas

Redação Remanso News

Deixe um comentário