22.9 C
Remanso, BR
12 de agosto de 2020
Remanso News
  • Home
  • Brasil
  • Comissão aprova uso de recursos de fundo do FGTS em infraestrutura de saúde
Brasil

Comissão aprova uso de recursos de fundo do FGTS em infraestrutura de saúde

palacio-do-planalto-4-300x250e

A Comissão de Desenvolvimento Urbano aprovou proposta que estende a aplicação dos recursos do Fundo de Investimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FI-FGTS) a empreendimentos em infraestrutura no setor de saúde. Atualmente, tal fundo aporta recursos para projetos nos setores de aeroportos, energia, rodovia, ferrovia, hidrovia, porto e saneamento.

O texto aprovado é um substitutivo apresentado pela relatora, deputada Dâmina Pereira (PSL-MG), ao Projeto de Lei 8015/14, do deputado Irajá Abreu (PSD-TO). Originalmente, a proposta restringe a aplicação dos recursos do FGTS às áreas de saúde, saneamento, habitação e infraestrutura e também extingue o FI-FGTS. Com o projeto, Irajá Abreu procurava evitar o uso dos recursos em outras destinações que não as de saneamento básico, infraestrutura e moradia popular.

Dâmina não concordou, no entanto, em extinguir o FI-FGTS por entender que sua extinção seria prejudicial ao desenvolvimento urbano e regional do País. A relatora lembrou que a Caixa Econômica Federal, em audiência pública realizada na Câmara em outubro de 2015, esclareceu os mecanismos de funcionamento e investimento do FI-FGTS. Segundo as informações trazidas pelo banco, os recursos do fundo não integram a conta dos trabalhadores, mas o patrimônio do FGTS.

damina-pereira-interna

“A Caixa reiterou a importância, a solidez e a seriedade dos procedimentos que envolvem o FI-FGTS e seus investimentos”, observou Dâmina Pereira.

O substitutivo também inclui, entre as competências do Conselho Curador do FGTS, a de acompanhar os investimentos autorizados pela Comissão de Investimento do FI-FGTS. Dâmina retirou do texto a expressão “fiscalizar”, uma vez que a competência fiscalizatória seria própria dos órgãos de controle da administração pública federal, como o Tribunal de Contas da União e o Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle.

Posts relacionados

Nordeste: El Niño deve reduzir chuvas no começo de 2019

Redação Remanso News

Senado aprovou a PEC do Teto dos Gastos Públicos em segundo turno

Redação Remanso News

Gasolina sobe 19,5% em seis meses e já beira os R$ 5 em algumas cidades

Redação Remanso News

Smartphone se consolida como meio preferido de acesso à internet, diz pesquisa

Redação Remanso News

Pandemia: Bancos reduzem atendimento a partir desta terça (24), contra coronavírus

Redação Remanso News

Joesley:diz que pagava mesada de R$ 50 mil a Aécio

Redação Remanso News

Deixe um comentário