Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
29.4 C
Remanso, BR
19 de dezembro de 2018
Remanso News
Casa Nova Destaque

Casa Nova é destaque no Programa Bioma Caatinga

Com o maior rebanho de caprinos e ovinos do Brasil (468.258 caprinos, ou 4,8% do total nacional, e 408.526 ovinos, ou 2,2% do total nacional), de acordo com o levantamento do IBGE em setembro de 2017, Casa Nova, a partir do Programa Bioma Caatinga, começa a agregar valor aos produtos da caprinovinocultura, integrando e estabelecendo uma relação de  parcerias entre Micro e Pequenas Empresas (MPEs) e produtores rurais, envolvendo quem produz, quem disponibiliza os insumos, quem processa, quem vende e quem compra, fortalecendo-os e tornando-os mais competitivos para o mercado.

Na última sexta-feira (11/05), aconteceu a solenidade de lançamento do terceiro ciclo do Programa Bioma Caatinga, no Grande Hotel de Juazeiro, com as presenças do Superintendente do Sebrae-BA, Jorge Khoury, do Ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, o gerente regional do Sebrae/Juazeiro, Carlos Rafael Cointeiro, prefeitos e representantes dos municípios de Curaçá, Uauá, Remanso, Casa Nova e Juazeiro.

Para José Carlos Borges, Secretário de Governo da Prefeitura de Casa Nova, representando o prefeito Wilker Torres, a importância do programa “é agregar valor ao produto da caprinovinocultura, rompendo um círculo que se repete há 500 anos. O produtor, o fornecedor de insumo e o supermercado se integram em uma cadeia produtiva, onde todos ganham. A qualidade melhora e quem ganha é o consumidor. O prefeito Wilker Torres apoia e incentiva o Programa Bioma Caatinga”.

Do município de Casa Nova, foram homenageados o produtor rural Gilberto Silva Xavier, os ADRs Veranildo Eleno Costa de Castro e Cátia Cilene, e Regivânia Dias da Silva, representando o supermercado Cestão do Povo. O Secretário de Governo, José Carlos Borges, em nome do prefeito Wilker Torres, entregou as placas.

O que é o Programa Bioma Caatinga

Durante a primeira etapa, de um ano, mais de mil produtores rurais de 325 comunidades e quase 200 micro e pequenas empresas foram acompanhadas por 44 profissionais, entre técnicos e engenheiros agrícolas, zootecnistas, e veterinários contratados para atuar nas áreas rurais e urbanas dos municípios de Curaçá, Uauá, Remanso, Casa Nova e Juazeiro, levando boas práticas de gestão, assistência técnica e ambiental, além de orientações sobre o manejo de rebanho, comercialização dos produtos e acesso a novos mercados consumidores.

Na segunda etapa, executada no período de abril/2016 a março/2017, o Programa atendeu 1.054 Produtores Rurais, 186 Micro e Pequenas Empresas (MPEs) e ainda foi possível estabelecer uma relação de parcerias entres produtores e MPES, envolvendo quem produz, quem disponibiliza os insumos, quem processa, quem vende e quem compra, fortalecendo-as e tornando-as mais competitivas para o mercado.

Nesta terceira etapa o objetivo é exercitar a forma mais competitiva de comercialização, colocando os produtores diretamente comercializando com açougues, mercadinhos e supermercados que comercializam os produtos de caprinos e ovinos.

“Com a efetivação do Programa Bioma Caatinga, através dessa parceria entre Sebrae, Banco do Brasil e Fundação Banco do Brasil, o caprino e ovino passaram a ser um produto de qualidade com sua carne sendo vendida nos pontos comerciais dos municípios atendidos pelo o programa. A expectativa nossa do momento é que a gente possa aumentar isso, fazendo com que a gente avança mais e diminua por exemplo, o tempo de cada processo desse, a ponto de poder, evidentemente, servir um produto aceitável a nível de qualidade e preço”, enfatizou o Superintendente do Sebrae-BA, Jorge Khoury.

O ciclo 3 do Bioma Caatinga terá um investimento de R$ 1.570.043,96 (Um milhão, quinhentos e setenta mil, quarenta e três reais e noventa e seis centavos), sendo que R$ 791.795,96 (Setecentos e noventa e um mil, setecentos e noventa e cinco reais e noventa e seis centavos) serão investimentos do Sebrae e R$ 778.248,00 (Setecentos e setenta e oito mil, duzentos e quarenta e oito reais) oriundos da Fundação Banco do Brasil.

ASCOM PMCN/Manoel Leão

Posts relacionados

Remansonews parabeniza todas as Mulheres pelo seu dia

Redação Remanso News

Vendas de 31 planos de saúde são suspensas

Redação Remanso News

Ana mantém defluência mínima diária das barragens de Sobradinho e Xingó em 550m³/s até novembro

Redação Remanso News

Prefeito de Campo Alegre de Lourdes anuncia concurso público com cerca de 200 vagas

Redação Remanso News

Remanso: Trecho da estrada que liga Remanso a Dirceu Arcoverde recebe imprimação

Redação Remanso News

Ministério inicia campanha nacional para estimular doação de sangue

Redação Remanso News

Deixe um comentário