31.1 C
Remanso, BR
5 de abril de 2020
Remanso News
  • Home
  • Brasil
  • Coronavírus Covid-19: Brasil tem 978 casos e 11 mortes
Brasil

Coronavírus Covid-19: Brasil tem 978 casos e 11 mortes

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até 7h deste sábado (21), 978 casos confirmados de novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil em 25 estados e no Distrito Federal. São 11 mortes no Brasil, duas no Rio de Janeiro e chegou a nove em São Paulo.

O Ministério da Saúde atualizou os números na tarde de sexta-feira, informando que o Brasil tem um total de 904 casos confirmados de coronavírus e 11 mortes.

O Maranhão registrou o primeiro caso confirmado na sexta-feira. Apenas Roraima ainda não teve caso confirmado.

O Ministério da Saúde declarou que todo o território nacional está sob o status de transmissão comunitária do coronavírus Sars-Cov-2, responsável pela pandemia da doença Covid-19. O status foi publicado em portaria na noite desta sexta-feira (20).

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, já tinha anunciado nesta tarde que a medida seria tomada em breve para facilitar ações do governo. O ministro sinalizou também que a previsão é que os casos da doença disparem em abril e o sistema de saúde deve entrar em colapso.

A transmissão comunitária ou sustentada é aquela quando não é possível rastrear qual a origem da infecção, indicando que o vírus circula entre pessoas que não viajaram ou tiveram contato com quem esteve no exterior.

Até o balanço de quinta-feira (19), a transmissão comunitária estava configurada nos estados de São Paulo e de Pernambuco. Além disso, ocorre isoladamente em três capitais: Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre (além das capitais de SP e PE, já incluídas acima).

Situação no mundo: Mais de 220 mil foram infectados e mais de 10 mil morreram até a manhã desta sexta-feira por causa do novo coronavírus, o Sars-Cov-2, em todo o mundo, de acordo com a universidade americana Johns Hopkins.

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, afirmou que não mudará agora o critério adotado na fase de mitigação, e só as pessoas com casos graves serão testadas.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou, na última sexta-feira (13), que os países apliquem testes em massa para descobrir quem está infectado e isolar esses pacientes para “achatar a curva” da disseminação da doença Covid-19.

O governo federal, que disse ter comprado kits da Fiocruz para 30 mil testes nos laboratórios públicos, disse que o objetivo da medida é economizar testes para as pessoas com complicações.

G1 Foto Ilustrativa

Posts relacionados

Comprar carro vai ficar mais caro a partir desta quinta (1º)

Redação Remanso News

Vacinação contra a pólio começa em agosto

Redação Remanso News

Brasil desperdiça 40 mil toneladas de alimento por dia, diz entidade

Redação Remanso News

José Dirceu é hospitalizado após sofrer princípio de AVC

Redação Remanso News

Intervenção penitenciária em Roraima é prorrogada por mais 180 dias

Redação Remanso News

Ministério da Saúde afirma que Brasil tem 621 casos confirmados de coronavírus

Redação Remanso News

Deixe um comentário