Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
27 C
Remanso, BR
20 de fevereiro de 2019
Remanso News
Saúde é vida

Se não for bem tratada, meningite pode levar a morte

A doença pode ser causada por diversos agentes infecciosos, como bactérias, vírus, parasitas e fungos, ou também por processos não infecciosos

A morte de um idoso, de 75 anos, com diagnóstico de meningite bacteriana, na manhã da última quinta-feira, no Hospital da Base de Itabuna, sul do estado, chama a atenção para os cuidados com a doença que, de acordo com o último Boletim Epidemiológico emitido pela Secretaria de Saúde estadual (Sesab), levou a óbito 48 pessoas (17,5% desse total pelo tipo bacteriana), além dos 461 casos registrados (33% pelo mesmo tipo) pelo órgão ano passado.
De acordo com o G1 Bahia, Manoel Ferreira de Oliveira, 75 anos, chegou à unidade na terça-feira, em estado grave. O idoso morava no distrito de Areia Branca, município de Jussari, distante cerca de 50 km de Itabuna e a 505 km de Salvador. Ele chegou a ser medicado, mas não resistiu. O sepultamento ocorreu também na última quinta-feira.

Conforme informações do hospital, o idoso chegou desorientado, com situação grave de otite, que é uma infecção no ouvido. Ainda segundo o portal, com suspeita de que o quadro tivesse evoluído para meningite, o paciente foi isolado e um exame constatou o diagnóstico de meningite bacteriana. Em caso de uma infecção acentuada, há o risco de a otite desencadear uma meningite, pois a meninge passa próximo do ouvido médio.

Causas

De acordo com o Ministério da Saúde, a meningite é um processo inflamatório das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. Pode ser causada por diversos agentes infecciosos, como bactérias, vírus, parasitas e fungos, ou também por processos não infecciosos. As meningites bacterianas e virais são as mais importantes do ponto de vista da saúde pública, devido sua magnitude, capacidade de ocasionar surtos e, no caso da meningite bacteriana, a gravidade dos casos.
No Brasil, a meningite é considerada uma doença endêmica, deste modo, casos da doença são esperados ao longo de todo o ano, com a ocorrência de surtos e epidemias ocasionais. A ocorrência das meningites bacterianas é mais comum no inverno e, das virais, no verão. Ao longo de todo o ano de 2016, a Sesab registrou 517 casos – 210 do tipo viral e 151 do tipo bacteriana –, com 50 mortes pela doença.

Segundo especialistas, os principais sinais e sintomas são febre, dor de cabeça, vômitos, náuseas, rigidez de nuca e/ou manchas vermelhas na pele. O diagnóstico de meningite pode ser feito tendo como base o histórico do paciente, um exame físico e alguns exames específicos, como cultura de sangue e exames de imagem que procurarão por sinais de infecção pelo corpo.

A transmissão da doença, de acordo com o Ministério da Saúde, ocorre de pessoa a pessoa, através das vias respiratórias, por gotículas e secreções do nariz e da garganta. Ou seja, é contagiosa. Entre as formas de prevenção estão, além da vacinação, evitar aglomerações e manter os ambientes ventilados e limpos.

Ainda conforme o Ministério, o tratamento é feito é feito de acordo com a causa da meningite diagnosticada pelo médico, variando desde o tratamento para alívio dos sintomas (nas meningites virais e traumáticas) até a antibioticoterapia. De um modo geral, esta é administrada por via venosa por um período de 7 a 14 dias, ou até mais, dependendo da evolução clínica e do agente etiológico.

A precocidade do tratamento e diagnóstico são fatores importantes para o prognóstico satisfatório das meningites. Quanto mais rápido o atendimento médico, maiores as chances de uma boa recuperação do paciente, reduzindo o risco de óbito ou sequelas como paralisia dos membros, perda auditiva, perda da visão, entre outros.

 

Posts relacionados

Você toma suplemento de cálcio? Isso pode fazer mal ao coração

Redação Remanso News

Conheça os sinais ignorados antes de um infarto, segundo estudo realizado

Redação Remanso News

Vida eterna? Cientistas estudam criação de medicamento contra o envelhecimento

Redação Remanso News

Morango pode ajudar a combater infecções gástricas e câncer do estômago

Redação Remanso News

Julho amarelo: mês de luta contra as hepatites virais

Redação Remanso News

Primeiro transplante de pele é realizado em hospital da rede estadual

Redação Remanso News

Deixe um comentário