Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
23.2 C
Remanso, BR
22 de julho de 2019
Remanso News
  • Home
  • Casa Nova
  • Casa Nova: Vigilância não relatou irregularidades; hospital se manterá aberto, diz nota
Casa Nova Destaque

Casa Nova: Vigilância não relatou irregularidades; hospital se manterá aberto, diz nota

As redes sociais e os blogs regionais repercutiram nesta sexta-feira (18/01), nota anônima que dá conta de uma vistoria da Vigilância Sanitária Estadual no Hospital de Casa Nova.

De acordo com a nota apócrifa a vistoria seria resultado de uma denúncia ao Ministério Público; que foram interditadas sala de raio de X, cozinha, lavanderia e vistoriadas a falta de medicamentos. Além disso diz que a Secretária de Saúde não foi encontrada, que a Diretora chorou ao ser comunicada do fechamento do hospital e que a funcionária Marília Pereira atenuou a situação.

Nenhuma das afirmações é verdadeira, a começar do envolvimento descabido do Ministério Público. A clara intenção foi prejudicar a população, é o que afirma a nota de resposta assinada pela Diretora do Hospital, Viviane Brito e pela Secretária de Saúde, Maria de Lourdes Silva Santos.

Elas lembram ainda que “Em pior situação, vítima de assalto e saque em administração anterior, sem infraestrutura, pessoal e medicamentos, ainda assim o Hospital se manteve aberto. Não seria agora, quando o Prefeito Wilker Torres se esforça pela sua melhoria, amplia e qualifica o atendimento, que seria fechado”.

Ao final reiteram “empenho na melhoria do atendimento à população e a total tranquilidade quanto aos serviços que prestamos no hospital, nos postos de saúde, com as equipes de saúde da família”.

Veja a integra da nota abaixo:

Nota Pública – Hospital de Casa Nova

Hoje, mais uma vez, os inimigos de Casa Nova implantaram nas redes sociais uma nova/velha mentira tentando prejudicar a população.

A partir de uma visita de rotina da Vigilância Sanitária do Estado, acompanhada, com tranquilidade, do início ao fim por esta Diretora; espalharam a falsa notícia de que o Hospital de Casa Nova seria fechado, em razão do descumprimento de normas e cuidados de higiene na cozinha, lavanderia, sala de partos, na manipulação de alimentos, estoque e falta de medicamentos.

A notícia não contém uma só palavra de verdade. Não houve denúncia no Ministério Público local. O Promotor Fernando de Assis Rodrigues e a Promotora Alice Curvelo Tavares de Sá, confirmam que não houve denúncia e recomendam um desmentido público imediato.

Não houve a constatação de falta de medicamentos, até porque a Vigilância não fiscaliza falta de medicamentos e sim medicamentos com prazo de validade ultrapassados, uso incorreto ou sem registro de medicamentos controlados e ou medicamentos sem conformidade com as normas de uso hospitalar.

Não houve advertência ou condenação da cozinha; ao contrário, foi o setor que mereceu elogios pelo eficiente trabalho da nutricionista e a lavanderia, em que pese os equipamentos antigos, nossos colaboradores na manipulação, lavagem e guarda dos materiais laváveis, se esforçam para respeitar todas as normas. Nossa sala de parto atende a todos os requisitos determinados pela Vigilância e pelas normas hospitalares. Mente ao falar em outras fiscalizações em postos de saúde.

Mente novamente a nota ao afirmar que foram cancelados os exames de Raio X e interditada a sala. O Hospital de Casa Nova é essencial e imprescindível à população e não seriam eventuais falhas ou não atendimento a determinadas normas, das quais não fomos notificados, que ensejaria sua interdição.

Em pior situação, vítima de assalto e saque em administração anterior, sem infraestrutura, pessoal e medicamentos, ainda assim o Hospital se manteve aberto. Não seria agora, quando o Prefeito Wilker Torres se esforça pela sua melhoria, amplia e qualifica o atendimento, que seria fechado.

A final, reafirmamos nosso empenho na melhoria do atendimento à população e a total tranquilidade quanto aos serviços que prestamos no hospital, nos postos de saúde, com as equipes de saúde da família.

Casa Nova, 18 de janeiro de 2019

Maria de Lourdes Silva Santos – Secretaria de Saúde

Viviane Brito – Diretora do Hospital de Casa Nova.

Manoel Leão/ Ascom PMCN

Posts relacionados

Eleições – Faltam 4 dias: tempo médio de votação é estimado em um minuto

Redação Remanso News

Governo de Dilma quer diluir em 12 meses pagamento do abono salarial

Redação Remanso News

Tempo: Ciclone tropical pode atingir a Bahia e Espírito Santo; meteorologistas em alerta

Redação Remanso News

Ex-presidente Michel Temer é preso pela Lava Jato e avalia ação como “barbaridade”

Redação Remanso News

Policiais Civis paralisam as atividades por 24 horas nesta sexta-feira

Redação Remanso News

Malafaia pede boicote a “O Boticário” após anúncio com gays

Redação Remanso News

1 comentário

Deixe um comentário