23.8 C
Remanso, BR
5 de abril de 2020
Remanso News
  • Home
  • Mundo
  • China e EUA anunciam avanços importantes em vacinas contra novo coronavírus
Mundo

China e EUA anunciam avanços importantes em vacinas contra novo coronavírus

SÃO PAULO – Na última terça-feira (17), o Ministério da Defesa chinês confirmou por meio de um comunicado que seu primeiro protótipo da vacina contra o novo coronavírus (Covid-2019) está pronto para testes clínicos em humanos.

No comunicado, o ministério afirma que a possível vacina foi desenvolvida em uma parceria público privada entre a CanSino Biologics, uma empresa chinesa do setor de biotecnologia e a Academia Militar de Ciências Médicas do país.

O Dr. Chen Wei é o virologista que lidera o time do Instituto de Bioengenharia da Academia de Ciências Médicas Militares responsável pelo projeto.

“O vírus é implacável, mas acreditamos em milagres”, disse Chen à mídia local. “A epidemia é uma situação militar e a área da epidemia é o campo de batalha”.

Segundo informações da CCTV, emissora estatal chinesa, Chen já foi autorizado pelo governo local a iniciar um ensaio clínico da vacina. No entanto, não foi especificado quando esses testes começariam.

Ainda de acordo com o virologista, a vacina segue “padrões internacionais e regulamentos locais” e está será testada para avaliar a “produção em larga escala, segura e eficaz”. Os responsáveis pelo projeto agora buscam voluntários para realizar os primeiros testes em seres humanos.

Porém, ainda que os testes sejam sucedidos, a vacina só estaria pronta para ser comercializada e distribuída em larga escala em torno de 12 meses. A equipe de Chen trabalha na desenvolvimento dessa vacina desde o fim de janeiro.

O médico, porém, disse que o mais cedo que sua equipe pode iniciar ensaios clínicos é por volta do começo de abril.

O Dr. Chen é um nome conhecido na área de infectologia no país. O médico foi o responsável pelo desenvolvimento de um spray nasal que ajudou a proteger os profissionais de saúde contra outra doença causada pela família do coronavírus, a síndrome respiratória aguda grave (SARS) em 2003.

Por Allan Gavioli

Posts relacionados

Trump: FBI e Nielsen garantiram que tudo será perfeitamente seguro nas eleições

Redação Remanso News

Filho de Bin Laden promete vingança contra EUA pela morte do pai

Redação Remanso News

Menina é obrigada a fazer cesárea

Redação Remanso News

Atirador abre fogo em bar da Califórnia e deixa mortos

Redação Remanso News

Neymar mira dobrar seu salário após interesse do Manchester United, diz jornal

Redação Remanso News

Bolsonaro recebe apoio de Trump à indicação de filho à Embaixada

Redação Remanso News

Deixe um comentário