Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
25.3 C
Remanso, BR
25 de fevereiro de 2020
Remanso News
  • Home
  • Petrolina
  • Confirmada visita de Bolsonaro a Petrolina nesta sexta-feira (24); internautas fazem campanha no Twitter contra vinda do presidente
Petrolina

Confirmada visita de Bolsonaro a Petrolina nesta sexta-feira (24); internautas fazem campanha no Twitter contra vinda do presidente

(foto: reprodução/internet)

Está confirmada a visita oficial de Jair Bolsonaro (PSL) a cidade Petrolina, no Pernambuco, na próxima sexta-feira (24). Após quase seis meses de governo, essa será a primeira viagem oficial do presidente da República ao Nordeste, região que registra as piores avaliações para o governo. Para 40% dos nordestinos, o governo é ruim ou péssimo, conforme o Ibope.

A agenda está prevista para iniciar a partir das 14h, quando Bolsonaro participará da inauguração do Residencial Morada Nova, conjunto habitacional do programa Minha Casa Minha Vida, no bairro Antônio Cassimiro. O presidente ainda deve ter uma visita a uma fazenda de frutas nos perímetros irrigados da cidade sertaneja.

Ainda nesta sexta-feira (24), em Recife, capital Pernambucana, Bolsonaro deverá anunciar um acréscimo de R$ 2,1 bilhões ao Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste, a ser usado em obras de infraestrutura. Ao todo, o fundo passará a ter R$ 25,8 bilhões em 2019.

“#Aquinão”

O anúncio da primeira viagem do presidente ao Nordeste provocou uma campanha de internautas contrários à visita. As hashtags #AquiNão e #NordesteCancelaBolsonaro estão sendo usadas por usuários do Twitter que são desfavoráveis à vinda de Bolsonaro a região. Os internautas estão relembrando o comentário do presidente, na primeira entrevista após assumir o cargo, quando disse que os governadores nordestinos não deveriam pedir dinheiro a ele.

“Não venham pedir nada para mim, porque não sou presidente. O presidente está lá em Curitiba”, disse ele, em referência ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Bolsonaro, porém, argumentou que não abriria uma guerra política para não prejudicar os eleitores. “Não posso fazer uma guerra com governador do Nordeste atrapalhando a população. O homem mais sofrido do Brasil está na Região Nordeste. Vamos mergulhar para resolver muitos problemas do Nordeste”, encerrou.

Bolsonaro perdeu a eleição para o candidato do PT, Fernando Haddad, em todos os estados nordestinos.

Preto no Branco

Posts relacionados

Internet 4,5G já é realidade em Pernambuco

Redação Remanso News

Reservatório de Xingó, no rio São Francisco, aumenta a média mensal de água liberada pelo reservatório

Redação Remanso News

Mulher é presa com cerca de 200 pedras de crack em Petrolina

Redação Remanso News

Vigilância Sanitária fiscaliza alimentos durante o São João de Petrolina

Redação Remanso News

Famílias de agricultores de Petrolina já podem receber o seguro-safra

Redação Remanso News

Projeto já levou mais de 3 mil jovens de escolas públicas para assistir o espetáculo ‘Chão’ em Petrolina

Redação Remanso News

Deixe um comentário