16 de maio de 2021
Remanso News
Entretenimento

Ministério da Economia defende fim da meia-entrada nos cinemas

Com 80% dos ingressos de cinema vendidos com o preço da meia-entrada no Brasil, as discussões sobre o fim do benefício vêm ganhando corpo. 

De acordo com informações do Estadão, após registrar queda na receita das bilheterias há três anos, a Agência Nacional do Cinema (Ancine) abriu uma consulta pública sobre a obrigatoriedade legal da meia-entrada e seus impactos no mercado exibidor.

Ainda segundo a publicação, o Ministério da Economia já se manifestou a favor de extinguir todas as regras que dão direito a este benefício no país. 

Os dados levantados pela Ancine são do Sistema de Controle de Bilheteria (SBC), que reúne informações de mais de 3 mil salas, desde 2017. Com base no que foi fornecido pelas redes de cinema, a agência verificou que a venda de inteiras passou de 30% em 2017 para 21,6% em 2019. E cerca de 60% das meias-entradas concedidas no ano passado estavam ligadas às leis de incentivo, e não como outras categorias promocionais, por meio de parceiros comerciais.

BN

Posts relacionados

Programação cultural da semana apresenta lives de Ludmilla, Milton Nascimento e Bruno & Marrone

Redação Remanso News

Morar em Paris? Veja só a resposta de Bruna Marquezine

Redação Remanso News

Celso Portiolli se emociona ao realizar sonho com a família

Redação Remanso News

Sertanejo Lucas Lucco desabafa após internação da noiva: “Como posso ser forte”

Redação Remanso News

Record aceita condições de Gugu na TV, mas mantém demissão da equipe

Redação Remanso News

Roberto Carlos faz elogios a Bolsonaro e Regina Duarte

Redação Remanso News

Deixe um comentário